Blog do Zé Antônio

Jornalista, radialista e apresentador de TV

PESANDO NO BOLSO

por Jornal O Tempo

Postado em 24 de Abril de 2018 às 08:46 hrs


O valor médio da gasolina vendido nos postos brasileiros subiu em 16 Estados na semana passada, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em outros nove Estados e no Distrito Federal houve queda nos preços médios do combustível de petróleo No Amazonas os valores permaneceram estáveis. 

Na média nacional, houve alta nos preços médios entre as semanas, de 0,17%, de R$ 4,208 para R$ 4,215. 

Em Minas Gerais houve leve alta no preço médio da gasolina de 0,02%, de R$ 4,485 para R$ 4,486 o litro.

Em São Paulo, maior consumidor do País e com mais postos pesquisados, o litro da gasolina recuou 0,05% na semana passada, de R$ 4,008 para R$ 4,006, em média. 

No Rio de Janeiro, o combustível saiu de R$ 4,712 para R$ 4,727, em média, avanço de 0,32%. 

Comentários

PROGRAMA

por Jornal O Tempo

Postado em 24 de Abril de 2018 às 08:45 hrs


O Comitê Gestor do Simples Nacional publicou nesta segunda-feira (23), no Diário Oficial da União, a regulamentação do Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. A adesão ao programa poderá ser feita até o dia 9 de julho de 2018, de acordo com os procedimentos que serão estabelecidos pela Receita Federal, PGFN, Estados e Municípios.

Comentários

MERCADO FINANCEIRO

por Jornal O Tempo

Postado em 24 de Abril de 2018 às 08:43 hrs


Os juros futuros encerraram a sessão regular desta segunda-feira (23) em alta, provocada pelo fortalecimento do dólar ante o real. Alguns vencimentos fecharam na máxima intraday, em linha com o comportamento da moeda americana no mercado doméstico. Na última meia hora, a divisa dos EUA renovou a cotação máxima ante o real acompanhando o movimento perante moedas de economias emergentes. 

Dólar

Comentários

ALTA DE JUROS

por Jornal O Tempo

Postado em 24 de Abril de 2018 às 08:43 hrs


Embalado pela alta dos juros nos mercados americanos, o dólar mais uma vez subiu nesta segunda-feira(23), em relação a todas as moedas, de países emergentes e desenvolvidos, o que reforçou a tese de que o movimento cambial dos últimos dias não é somente uma aversão ao risco por parte de investidores, mas sim uma reprecificação do dólar globalmente. 

Na máxima do dia, o dólar chegou a atingir R$ 3,4537, mas fechou a R$ 3,4497, com alta de + 1,19%. O giro ficou em US$ 644 milhões. Essa é a maior cotação da moeda desde 2 dezembro de 2016. O dólar para maio, perto das 17h, subia 1,05% e movimentava cerca de US$ 15,6 bilhões. 

 

Comentários

CSN anuncia férias coletivas para 400 empregados

por Jornal O Tempo

Postado em 24 de Abril de 2018 às 08:38 hrs


Depois da Samarco e da Anglo American darem férias coletivas, ambas devido a acidentes, agora é a vez da CSN Mineração. De 7 de maio a 20 de julho, a mineradora vai colocar 400 empregados em períodos quinzenais de descanso, em Congonhas, região Central de Minas Gerais. A empresa tem 6.000 funcionários.

Comentários

RESTAURANTE

por Jornal O Tempo

Postado em 24 de Abril de 2018 às 08:34 hrs


O trabalhador brasileiro que optou por fazer pelo menos uma refeição fora de casa nos dias úteis de 2017 gastou, em média, R$ 751 por mês, ou 80% do salário mínimo da época, segundo estudo da Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador (ABBT). A média do preço de uma refeição no Brasil foi de R$ 34,14 no ano passado. Em um país em que mais da metade da população vive com até um salário mínimo, frequentar restaurantes está se transformando em luxo.

fd

Comentários

Foro restrito tira 95% de ações

por Jornal O Tempo

Postado em 24 de Abril de 2018 às 08:33 hrs


A redução do foro privilegiado nos termos defendidos pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), manteria na Corte apenas 5% das ações penais contra autoridades que tramitaram de 2007 a 2016, aponta o “V Relatório Supremo em Números: O Foro Privilegiado e o Supremo”, da FGV Direito Rio. Seis ministros do STF já votaram a favor da tese de Barroso de que o foro privilegiado para deputados federais e senadores só deve ser aplicado quando o crime for praticado no exercício do mandato e estiver relacionado ao cargo.

Comentários

Decisão desta terça-feira pode levar Azeredo à prisão

por Jornal O Tempo

Postado em 24 de Abril de 2018 às 08:31 hrs


O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) julga nesta terça-feira (24) os embargos infringentes do ex-governador de Minas Eduardo Azeredo (PSDB), condenado a 20 anos e dez meses de prisão por envolvimento no esquema que ficou conhecido como “mensalão tucano mineiro”. Esse é o último recurso de mérito na segunda instância, e a expectativa é que, se a condenação for mantida, seja aberto o caminho para a prisão do político. Porém, se o TJMG demorar a julgar os embargos declaratórios que a defesa ainda terá direito de apresentar, Azeredo pode ser beneficiado com a prescrição do crime.

Comentários

Congresso parado afeta eleições

por Jornal O Tempo

Postado em 24 de Abril de 2018 às 08:29 hrs


O Congresso segue sem votar projetos de interesse do Palácio do Planalto e pode ficar assim até o final do ano. Esse imobilismo do Legislativo, resultado de uma decisão da base aliada de não votar medidas polêmicas para evitar desgastes com o eleitorado, vai prejudicar não só o governo, mas também os candidatos do campo de centro na eleição presidencial.

Comentários

Odebrecht quer alguns dias para pagamento de dívida

por Jornal O Tempo

Postado em 24 de Abril de 2018 às 09:28 hrs


Na corrida contra o tempo para evitar uma inadimplência, a Odebrecht S.A. trabalha para postergar por alguns dias o pagamento de R$ 500 milhões em títulos emitidos no exterior, que vencem nesta quarta-feira, 26, e transformar o evento em uma situação, apenas, de "calote formal".

No entanto, se não honrar seu compromisso - opção que pessoas próximas à companhia descartam - detentores de 25% dos títulos da dívida podem solicitar a antecipação de todos os pagamentos da Odebrecht Engenharia e Construção (OEC), além dos próprios bonds em questão.

Comentários